jump to navigation

a minha maravilha Setembro 6, 2010

Posted by paulo jorge vieira in diário.
trackback

Quem à sombra dela cresceu sabe o quanto a sua calma, frescura e beleza encanta. Neste verão quente de 2010 lembrei-me muitas vezes da minha serra e do fresquinho que por lá se sente. Outras vezes lembro-me dos passeios na serra, com 15 anos, a ler apaixonadamente “As Confissões” de Jean-Jacques Rosseau.

 Agora um concurso pretende eleger as 7 Maravilhas Naturais de Portugal e a minha é uma das concorrentes. Votei, coisa que normalmente não faço! E espero que tu também votes. Para que possamos partilhar esta beleza única…

 Ontem houve uma actividade de promoção da mata Nacional do Buçaco e como refere uma notícia de hoje do Diário de Coimbra:

 “Milene Matos foi uma das participantes na iniciativa “Abrace o Buçaco”, destacando «a diversidade da flora e da fauna». Responsável por uma tese de doutoramento sobre a fauna da Mata Nacional do Buçaco, a investigadora da Universidade de Aveiro falou de um «ecossistema que assegura a reprodução e preservação de muitas espécies», que é, acrescentou, «muito importante a nível local e para a região Centro».

A título de exemplo, Milene Matos revelou: «Em Portugal Continental, temos 25 espécies de morcego, embora apenas 20 sejam comuns. Na Mata do Buçaco, nestes 105 hectares, estão confirmadas 14». Só dentro do muro, no que diz respeito a animais vertebrados, foram, segundo a investigadora, «já registadas mais de 150 espécies», antes de destacar, na botânica, «as mais de 250 espécies lenhosas arbóreas e arbustivas», além dos «milhentos invertebrados por estudar».

«A mata tem espécies do Mundo inteiro e tem uma relíquia da nossa floresta primitiva, algo que não existe na Europa, que é a floresta climácica. É natural, espontânea e está no seu auge de desenvolvimento, de maturidade na Cruz Alta. São raríssimos os sítios no Mundo em que isso acontece, pois não tem intervenção humana», realçou a investigadora da Universidade de Aveiro.

Na opinião de Milene Matos, a Mata Nacional do Buçaco «podia ser muito mais preservada», razão pela qual considerou a iniciativa de ontem «fundamental para transmitir às pessoas que a mata precisa de apoios». «É um espaço conciso com uma biodiversidade muito grande», resumiu, antes de destacar o «valor biológico, histórico, militar e cultural» do centenário espaço.”

(também no 5 dias)

 

 

Comentários»

1. cinco dias » a minha maravilha… - Setembro 6, 2010

[…] (também aqui) […]


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: