jump to navigation

pensar o planear Setembro 13, 2010

Posted by paulo jorge vieira in geografias.
trackback

A promulgação do Decreto-Lei 69/90, de 2 de Março, ao estabelecer o regime jurídico dos planos municipais de ordenamento do território, marcou indelevelmente o edifício urbanístico português ao lançar as condições instrumentais necessárias às câmaras municipais para uma gestão urbanística estratégica e concertada dos respectivos territórios e, consequentemente, para a produção de tecidos territoriais mais ordenados, coesos, inclusos, sustentáveis e competitivos

Dentro de algumas semanas o Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa promoverá um encontro intitulado Planeamento Municipal – Balanço e Desafios que pretende levar a debate um balanço de 20 anos do planeamento local. Num momento em que novos debates sobre participação – nomeadamente orçamento participativo – e cidadania (local, nacional e transnacional) se colocam no centro da vida local e em que novos olhares sobre a governação surgem este pode ser um importante momento de debate e aprendizagem.

(também no 5 dias)

Comentários»

1. cinco dias » pensar o planear - Setembro 13, 2010

[…] (também aqui) […]


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: