jump to navigation

da biopolítica e do contágio Novembro 28, 2010

Posted by paulo jorge vieira in activismo.
trackback

O que hoje se passou na Suiça só faz lembrar mais uma vez o conceito de biopolítica (foucaultiano) e o medo do contágio social das políticas higienistas do início do século XX. Esse receio do contágio social é o que marca hoje, ainda, os discursos sobre o corpo e a identidade. As limpezas étnico-raciais (baseadas em comportamentos) são apenas o princípio do que pode por aí vir? Parece que sim. E até quando os nossos discuros froxos vão continuar a acahar que isto não tem nada a ver connosco? Até quando o aceitaremos? E quando formos nós?

(também no  5 dias)

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: