jump to navigation

sentir (e pensar) além da dicotomia? Novembro 4, 2011

Posted by paulo jorge vieira in activismo, queer theory.
trackback

Comecei a escrever este ensaio cem vezes, de cem maneiras distintas e, em cada uma delas tive que enfrentar o mesmo intumescimento total da mente.(…)
Quando afirmo que sou uma intelectual orgânica, quero dizer que as ideias que levo comigo cresceram numa terra que conheço; que posso falar do seu equilíbrio mineral, do clima e do trabalho que foi necessário para a sua preparação para uso. No mercado das ideias empurram-nos para as cadeias de supermercados que estão a substituir a pequena mercearia rural; persuadem-nos de que o produzido em série é melhor, ainda mais se for importado, e que o que se vende desnatado e em brilhantes embalagens é preferível às caixas abertas e aos tonéis cheios de produtos dos que ainda trabalham a terra.’
Aurora Levins Morales, in ‘Intelectual orgânica certificada’

Anúncios

Comentários»

1. até já, ou o roteiro de uma viagem de trabalho… « Paulo Jorge Vieira - Novembro 6, 2011

[…] – 17 de Novembro de 2011 participa, por convite, na Aula Aberta organizada pelo Núcleo de Direitos Humanos e Cidadania LGBT da Universidade Federal de Minas Gerais (Nuh/UFMG) e o Projeto Educação sem Homofobia da Universidade Federal de Minas Gerais – UFMG onde apresenta a comunicação “Onde estou? E que faço? E porque o faço? Sentir (e pensar) os caminhos e as contaminações entre …”. […]


Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: