jump to navigation

A Póetica do Saber: Sobre Os Nomes da História – Jacques Rancière Abril 12, 2015

Posted by paulo jorge vieira in Uncategorized.
trackback

Territórios de Filosofia

A Póetica do Saber: Sobre Os Nomes da História.[1]

Jacques Rancière*

Esse termo é essencialmente uma rejeição a certos conceitos. Falei sobre a poética, não sobre metodologia ou epistemologia. É que tais termos operam, para mim, uma denegação a respeito das formas reais da constituição de um conhecimento. A escolha do termo poética possui várias razões.

A história produz sentido com auxílio de procedimentos emprestados à língua natural e dos usos comuns desta linguagem. Epistemologia e metodologia insistem em procedimentos destinados a verificar os fatos, colocando números em série. Eles dão a certeza do conhecimento antes de serem exibi- dos em sua escrita e em sua solidão. O historiador é, então, aquele que “faz” a história, que trabalha no “canteiro” da comunidade do saber. Conhecimento, comunidade e ofício garantem-se mutuamente. Mas, uma vez que tenhamos utilizado métodos adequados de verificação, fazendo os cálculos corretos, deve-se passar pelo regime da…

View original post mais 4.380 palavras

Advertisements

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: