jump to navigation

Género Sexualidade e Afetos (revista Configurações) Setembro 17, 2015

Posted by paulo jorge vieira in academia, LGBT em portugal, sexualidades e géneros.
Tags: , , ,
trackback

capa_configuracoes_15_genero

Foi publicada recentemente uma nova edição da revista Configurações editada pelo Centro de Investigação em Ciências Sociais (da Universidade do Minho). Desta feita estamos perante um número monográfico intitulado Género Sexualidade e Afetos  (organizado por Ana Maria Brandão e José Manuel Resende) que torna público um conjunto interessante de textos (ver índice abaixo). Como habitual em muitas das publicações periódicas académcias os textos estão publicado on line e podem ser acedido aqui.

Entre os seus textos destacaria o artigo de Tânia Machado “À vista (des)armada: casais de mulheres e expressão pública dos afetos” sobre expressões de carinho de casais lésbicos em espaço público que nos abre portas de reflexão e investigação sobre uma temática que vale uma maior atenção por parte de cientistas sociais.

Destaco igualmente a densidade e a problematização acerta (diria eu) que António Fernando Cascais nos dá no texto “O malogro da beleza, ou uma incapacitação crítica da homonormatividade” em que a problematização sobre a “imposição” de determinados modelos estético-eróticos na população “gay” se desmonta e problematiza de um modo premente neste texto.

Aqui fica uma das passagem mais  interessantes da crítica de Cascais:

“Alguns contributos podem ser de imprescindível utilidade para aparelhar aquilo que gostaríamos de chamar uma incapacitação crítica dos efeitos homonormativos do modelo estético-erótico de beleza/juventude. Antes de mais, impõe-se reconhecer que a dominância e a autoridade social dele, que não uma real hegemonia a que faltam condições suficientes que permitam perfazê-la, se encontram eficazmente limitadas pelo crescimento de identidades que definitivamente não se regem por parâmetros eugenistas e melhoristas, tais como, e tão-só a título de exemplo, as comunidades dos “ursos”, BDSM, leather, girth and mirth, transgénero e transsexual, bem como a comunidade lésbica inteira que sempre foi fortemente refratária a qualquer infl uência do modelo geracionista gay. A sua simples existência deve constituir um óbice à pretensão de representarem de forma universalizante a diversidade intrínseca das comunidades LGBTQ, ou, se assim quisermos, das “multitudes queer” (Preciado, 2003: 24), exclusivamente através das imagens uniformizadoramente “apresentáveis” do modelo estético-erótico, ao preço da anulação de todos os affreux que são delas excluídos. Genericamente, pode dizer-se que estes grupos se encontram nas melhores condições para desenvolver práticas de desidentificação, as quais se traduzem por outras tantas estratégias de sobrevivência que lhes permitem resistir a modelos de identificação socialmente prescritivos que têm por efeito a homogeneização e a assimilação de identidades queer, mas que, na mesma base teórico-política, podem ser aplicadas às forças homonormativas atuantes no interior das comunidades gay sempre que elas têm idêntico efeito homogeneizador e assimilador, como pode ser o caso do modelo estético-erótico.”

 ***

 Índice

Ana Maria Brandão e José Resende

Género, sexualidade e afetos

Pedro Bóia, Lígia Ferro e João Texeira Lopes

Clubbing e construções identitárias de género: proposta de um quadro analítico

Luís Santos

Homens e expressão emocional e afetiva: vozes de desconforto associadas a uma herança instituída 

Tânia Cristina Machado

À vista (des)armada: casais de mulheres e expressão pública dos afetos

António Fernando Cascais

O malogro da beleza, ou uma incapacitação crítica da homonormatividade

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: