jump to navigation

Força Estranha Dezembro 20, 2015

Posted by paulo jorge vieira in musica, Uncategorized.
Tags: , ,
trackback

“Força Estranha”, original de Caetano Veloso nas versões de Ana Carolina e Gal Costa. “Aquele que conhece o jogo Do fogo das coisas que são”

***

 

Eu vi um menino correndo
Eu vi o tempo
Brincando ao redor do caminho daquele menino
Eu pus os meus pés no riacho
E acho que nunca os tirei
O sol ainda brilha na estrada
E eu nunca passei
Eu vi a mulher preparando
Outra pessoa
O tempo parou pra eu olhar para aquela barriga
A vida é amiga da arte
É a parte que o sol me ensinou
O sol que atravessa essa estrada
Que nunca passou

Por isso uma força me leva a cantar
Por isso essa força estranha no ar
Por isso é que eu canto, não posso parar
Por isso essa voz tamanha

Eu vi muitos cabelos brancos
Na fronte do artista
O tempo não pára, e no entanto ele nunca envelhece
Aquele que conhece o jogo
Do fogo das coisas que são
É o sol, é o tempo, é a estrada
É o pé e é o chão

Eu vi muitos homens brigando
Ouvi seus gritos
Estive no fundo de cada vontade encoberta
E a coisa mais certa de todas as coisas
Não vale um caminho sob o sol
É o sol sobre a estrada
É o sol sobre a estrada, é o sol

Por isso a força me leva a cantar
Por isso essa força estranha no ar
Por isso é que eu canto, não posso parar
Por isso essa voz, essa voz tamanha

Por isso uma força me leva a cantar
Por isso essa força estranha no ar
Por isso é que eu canto, não posso parar
Por isso essa voz tamanha

Comentários»

1. Ermenegyldo Munhoz Junior - Dezembro 28, 2015

Que voz… só um reparo, prezado Paulo: a música é de autoria de Caetano Veloso. Enfim, Obrigado por este momento.

paulo jorge vieira - Dezembro 28, 2015

obrigado pelo reapro. já alterei no texto do post

2. Ermenegyldo Munhoz Junior - Dezembro 28, 2015

Paulo, esta música foi escrita por Caetano Veloso especialmente para Roberto Carlos, com a pretensão de registrar sua personalidade. Roberto Carlos cantando Roberto Carlos. Daí a natural coincidência entre a alma do cantor e seu intérprete. A propósito, gostei muito dos assuntos que encontrei em sua página. Agradeço com um presente raro: esta entrevista de Clarice Lispector à TV pública paulista, concedida em 1977. Com meu abraço e apoio a seu lirismo militante pela liberdade sexual e criativa: https://www.youtube.com/watch?v=ohHP1l2EVnU

3. Ermenegyldo Munhoz Junior - Dezembro 28, 2015
4. Ermenegyldo Munhoz Junior - Dezembro 28, 2015
5. Ermenegyldo Munhoz Junior - Dezembro 28, 2015

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: