jump to navigation

… escrever… Julho 6, 2018

Posted by paulo jorge vieira in diário, literatura, Uncategorized.
Tags: , ,
trackback

yinmn_blue_-_cropped-e1467992368580.jpg

“Como em todas as manhãs que acordo em casa para aí permanecer, há um pássaro que me transporta: uma ideia nasce, uma visão, um sentimento, depois não sou senão um outro ser que coincide comigo. Corporalmente me vejo escrevendo sem cessar, quer dizer, participando do eterno através da minha pulsão eterna de anotar, de receber companheiros que se levantam do nada, de escrever.

Maria Gabriela Llansol, “O Azul Imperfeito – Livro de Horas V (Pessoa em Llansol), – entrada de 19 de Fevereiro de 1977, sábado -, pp. 35/36, Assírio & Alvim, 2015.

livro de horas

Anúncios

Comentários»

No comments yet — be the first.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: